segunda-feira, 24 de março de 2008

Curiosidades do MUNDO

Os 125 anos do "caneta de Boca" O Baton surgiu em 1883, apresentado na Exposição Universal de Amesterdão e feito a partir de gordura de veado embrulhado num delicado papiro de seda.
Para comemorar a data, as Galerias Lafayette de Berlim organizaram uma exposição com mais de 100 exemplares, propriedade do maquilhador René Koch.
O Baton, o incontornável “lipstick”, é uma invenção recente na secular arte da maquilhagem mas, sabe-se, pigmentos vermelhos já eram aplicados nos lábios desde 5000 a.C.. Inclusivamente, potes de óxido de ferro vermelho eram encontrados no interior dos túmulos antigos sumerianos e egípcios.
Assim, acentuar o vermelho dos lábios é um dos hábitos mais antigos na história da vaidade feminina. O Baton, e na verdade a vaidade feminina, são quase tão antigos como a existência da humanidade. A diferença, é que não era conhecido com este rótulo, e recorria-se ao uso do mesmo através de formas arcaicas e de plantas totalmente naturais, confeccionadas pela via de métodos caseiros.

4 comentários:

Anny disse...

Muito bom o seu post. Ótima informação.
Obs.: Encontrei vc no blog Eu Capricho.

Luciana Chichierchio disse...

Adorei seu blog!!!Amo Batom!!!!

Cacá BH disse...

oi déia.....
cheguei aqui pelo blog do fiorini....
uai menina, adorei a história do baton, jah que praticamente não saio de casa sem!!!
beijos!!!

Matheus Costa disse...

Pode deixar Déia, vou te ajudar com o que você me pediu.

Escreve um email e conversamos melhor: 30segs@gmail.com

Beijos!